• Confraria Da Folia

Blitz Confraria no Anhembi

Saiba o que rolou na cobertura dos ensaios técnicos na passarela paulistana.



A corte do carnaval paulistano de 2020. Foto: Kizzy Pereira

No último sábado, 18, o Confraria da Folia desembarcou na Terra da Garoa para acompanhar o ensaio técnico de três das escolas mais tradicionais do carnaval paulistano. No sambódromo do Anhembi era noite de ver ensaiar Camisa Verde e Branco, Nenê de Vila Matilde e Vai-Vai, escolas que no carnaval de 2020 disputarão o Grupo de Acesso I. Antes delas, passaram na avenida Camisa 12 e Unidos do Peruche, desfilantes do Grupo de Acesso II.


Já no início da nossa blitz pelo sambódromo de são Paulo, encontramos Emerson Ramirez, um dos mais notórios destaques do carnaval paulistano, que bateu um rápido papo com a gente. Confira no vídeo.



Confira abaixo como foi que cada uma das escolas do Acesso I passou em seu teste na avenida.


CAMISA VERDE E BRANCO


Dono de 9 títulos no carnaval de São Paulo, o Camisa Verde e Branco entrou na avenida para o seu segundo ensaio técnico rumo ao carnaval 2020 cantando o enredo "Ajayo, Carlinhos Brown candomblés, tambores e batuques ancestrais", em homenagem ao cantor baiano. O ponto alto do ensaio foi o perfeito entrosamento da harmonia musical da escola, comandada pelo intérprete Tiganá e a bateria Furiosa, do mestre Marcão.


Casal Camisa Verde e Branco. Foto: Leandro Amarante

O canto dos componentes e a evolução da escola também foram bem executados ao longo do ensaio, mostrando que a escola da Barra Funda segue firme no propósito de retornar à elite do carnaval de São Paulo, onde esteve pela última vez em 2012.


NENÊ DE VILA MATILDE



Velha Guarda da Nenê arrancou aplausos do público. Foto: Kizzy Pereira

A águia da zona leste pisou na avenida para cantar a história da cerveja, através do enredo "O Presente da Deusa e o brinde da Águia". Já na comissão de frente, a presença de Déborah Caetano, rainha do carnaval 2010 e ex-rainha da bateria da escola, arrancou aplausos do público. Este foi o primeiro ensaio da Nenê para o carnaval de 2020, que contou com a estreia do primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira na escola, Cley Ferreira e Monalisa do Carmo.


A bateria de Bamba do mestre Matheus levou bem o samba, cantado por Agnaldo Amaral, que em 2020, vai para o seu sexto carnaval como intérprete oficial da Nenê. Diferente do Camisa, o canto da escola não se manteve uniforme, da mesma forma que a evolução se mostrou um pouco prejudicada devido à quantidade de alas coreografadas seguidas. Dona de 11 títulos no carnaval de são Paulo, a Nenê ficou na 3ª colocação no Grupo de Acesso I em 2019.


VAI-VAI


Maior vencedora do carnaval paulistano, com 15 títulos, o Vai-Vai fez sua estreia nos ensaios técnicos do Anhembi, encerrando a noite de sábado. A escola do Bixiga levou o maior número de componentes para a avenida e levantou a arquibancada durante sua vigorosa passagem. Apesar do grande contingente, a escola ensaiou sem problemas na evolução.


Vai-Vai levou grande contingente para o seu primeiro ensaio no Anhembi. Foto: Édy Dutra

O samba foi cantado em alto e bom som pelos integrantes, muito bem conduzidos pela bateria Pegada de Macaco do mestre Tadeu. Pingo e Paulinha, primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira, ensaiaram com a fantasia do último carnaval e mostraram competência ao longo do percurso. Completando 90 anos em 2020, o Vai-Vai levará para a avenida o enredo "Vai-Vai de Corpo & Álamo".


AGENDA DO CARNAVAL


Os ensaios técnicos no sambódromo do Anhembi seguirão até o dia 14 de fevereiro. Você pode conferir a programação dos ensaios e também a ordem dos desfiles do carnaval de São Paulo clicando AQUI.


Desde já, o Confraria da Folia agradece ao departamento de comunicação da Liga Independente das Escolas de Samba de São Paulo, a Liga SP, por toda assessoria prestada ao nosso veículo, o carinho e respeito com o nosso trabalho.